Publicado em: ter, maio , 2017

Zilomar mantém maioria na Câmara, incluindo a base de oposição


Dos treze (13) vereadores, sete (7) deles são da base da oposição, mas, nem por isso o prefeito Zilomar Oliveira (PSDB) enfrenta a resistência como se esperava, principalmente porque os vereadores da base de oposição eram ligados ao ex-prefeito Lineu Olímpio (PTB).

Segundo especuladores, a base de oposição na Câmara de certa forma ficou atada nos interesses pessoais de alguns vereadores para manterem um bom relacionamento com o chefe do Poder Executivo.  Outras vezes, por defenderem interesses individuais, como na indicação de pessoas para ocuparem cargos em órgãos da administração, conforme já especulado pelo Ministério Público.

Manter a Câmara em ponto de equilíbrio é fundamental, principalmente para manter a governabilidade do prefeito e seus secretários. Caso haja uma oposição firme e duradoura, dificilmente o prefeito conseguiria terminar o mandato sem desgaste.

Até hoje, somente um dos vereadores da base de oposição votou contra um projeto do Poder Executivo, sendo ele o médico Breno Leite (DEM). O projeto trata de liberação de mais recursos para a contratação de pessoal.

Com a suspeita de cargos cruzados na administração municipal, incluindo nomes de alguns vereadores, o caso se tornou público com a chancela do MP, que abriu processo de apuração com base em denuncias.

Ou seja, se continuar assim, Zilomar Oliveira praticamente tem o Poder Legislativo ao seu favor, incluindo seu Presidente, Werlon de Oliveira (PDT).