Publicado em: ter, maio , 2017

Viúva de Nelson Ned diz que não tem o que comer


Maria Aparecida, viúva do cantor Nelson Ned, morto em 2014, vítima de complicações clínicas, reclamou de dificuldades financeiras em entrevista exibida pelo programa “Domingo Show”, da TV Record, neste domingo (28). Ela afirmou que ainda não teve acesso à herança e que só Deus sabe o que tem passado depois da morte do marido.

“Hoje não tenho carro, não tenho dinheiro, não tenho nada. Tenho uma sobrinha minha e o irmão do Nelson que me dão uma cesta básica ou me ajudam financeiramente. Só Deus sabe o que eu passo aqui. Graças a Deus eu tenho amigos que ainda me ajudam”, disse a viúva de Nelson Ned.

“É muito triste você conhecer 53 países, viajando, ficar em suítes presidenciais e hoje não ter mais nada”, lamentou.

A mansão do casal, localizada em um bairro nobre de São Paulo, sofreu incêndio enquanto o cantor estava na clínica se recuperando de um AVC –a família nunca contou  a ele sobre o episódio. A casa permanece até hoje em estado de abandono, já que a viúva alega não ter condições de recuperá-la.

“A gente não quis comentar nada com ele [sobre o incêndio] para poupá-lo. [A mansão] era o xodó dele (…) Eu gostaria de pintá-la para deixar o ambiente melhorzinho e a gente se sentir melhor, né? Mas hoje não tenho condições de nada. Tem dia que não tenho nem o que comer”, admitiu.

Em relação aos bens deixados pelo marido, Maria Aparecida conta que o “inventário demora a sair, como tudo nesse país”.

Nelson Ned d’Ávila Pinto, mais conhecido como Nelson Ned, morreu em janeiro de 2014, em Cotia, na Grande São Paulo, vítima de “complicações clínicas”. O cantor havia sido internado em “estado grave”, mas “estável”, com uma “infecção respiratória aguda”, pneumonia e problemas na bexiga.

Nelson Ned e Maria Aparecida se conheceram em 1980 e viveram juntos por 33 anos.