Publicado em: seg, fev , 2017

Preso grupo suspeito de roubo de carro liderado por ‘doutor do crime’


A Polícia Civil prendeu quatro homens suspeitos de roubar carros para desmanchar e revender as peças em Goiânia. Um deles era conhecido como “doutor do crime”, devido à precisão com que cometia os crimes. Um quinto integrante da quadrilha já estava cumprindo pena por tráfico de drogas.

Segundo a polícia, o líder do grupo, Paulo Henrique de Almeida Silva, de 27 anos, é dono de uma loja de conserto de carro e encomendava o roubo de veículos para retirar peças e usar no reparo dos automóveis dos clientes.

“O Paulo se denominava como ‘doutor’, ‘cirurgião’, devido à precisão cirúrgica que ele tinha em cortar os carros e retirar as peça. Ele encomendava os modelos específicos de carros e dava suporte para os assaltantes, inclusive levando eles nos locais para cometer os crimes”, explicou o delegado José Antônio de Podestá Neto.

Segundo o delegado, como os carros eram encomendados já com outro veículo para retirar as peças e colocar em veículos que estavam na oficina, os criminosos se desfaziam muito rápido das provas do crime. “Na loja do Paulo encontramos equipamentos que são usados para cortar carro, mas nenhuma peça foi apreendida no local”, explicou.

A polícia já investigava a quadrilha desde julho de 2016. A suspeita é que eles tenham roubado cerca de 15 carros. Duas vítimas chegaram a reconhecer alguns dos suspeitos como autores do crime.

Além do Paulo Henrique, foram presos Rafael Alves de Almeida, de 20, e Alexandre Machado de Oliveira, de 21, ambos suspeitos de serem os responsáveis pelos roubos, e Damião Nunes Santana Filho, de 35, que seria responsável pelos desmanches. O integrante que já estava preso é Adilson Machado de Oliveira, de 29, que também ajudaria na retirada das peças. O grupo vai responder por associação criminosa, receptação e roubo.

Do G1