Prefeito não cumpre promessa do pão e leite e população questiona

Uma das promessas de campanha do prefeito Zilomar Oliveira (PSDB) foi a distribuição de pão e leite para os mais carentes, com distribuição dos alimentos nos bairros.

Acontece que a promessa ainda não tem logística aplicada para sua execução, ou seja, não há um programa para que o pão e leite cheguem aos mais carentes, além da forma como a distribuição deve acontecer.

Para amenizar o impacto da crítica social sobre o tema, a prefeitura vem distribuindo pão e leite para entidades de educação infantil, como o Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), algo considerado como sendo um programa social básico, executado por todos os gestores que administraram a prefeitura de Jaraguá.

O pão e o leite seriam distribuídos nos bairros, o que precisaria de uma estrutura ampla e complexa, a começar pelo cadastramento das pessoas mais pobres, dos pontos de distribuição e das empresas de fabricação.

Se bem administrado, o programa do pão e leite fomentaria a economia local, já que várias panificadoras e pequenos produtores agropecuários poderiam fornecer os produtos para a prefeitura, se tornando em uma dupla ação social e investimento local.

Enquanto não há como cumprir a promessa de forma ampla e não pontual, como vem acontecendo, algumas escolas estão serviço lanches sem qualidade nutritiva, como chá e bolacha de sal em seu cardápio.

Comparado com o valor que a prefeitura paga para restaurantes, totalizando quase R$ 500.000,00 (meio milhão de reais) mensal, o pão e leite seria muito pouco para ser colocado em prática pela prefeitura.

Share Button

você pode gostar também Mais do autor