Publicado em: dom, maio , 2017

Polícia Militar recolhe dezenas de máscaras em cumprimento de TAC


A Polícia Militar recolheu dezenas de máscaras que estavam em posse de pessoas não autorizadas, segundo acordo firmado entre o Ministério Público, a Igreja Católica e os organizadores da Festa das Cavalhadas.

Em nota emitida nas redes sociais, o Promotor Everaldo Sebastião, questionou a ligação entre a cultura e a desordem causada por algumas pessoas, incluindo mascarados sem a devida autorização.

Um advogado da cidade chegou a questionar a legitimidade do Termo de Ajuste de Conduta que proibia as pessoas de usarem máscaras sem o devido cadastramento, alegando que não havia diploma legal para coibir a liberdade de expressão e o direito de ir e vir.

A decisão foi mantida pelo MP, onde os acordos firmados foram rigorosamente cumpridos pela Polícia Militar, conforme fotos postadas e redes sociais, mostrando os resultados das ações no policiamento.