Polícia Civil apreende mais de 500 mil em etiquetas falsas

A Polícia Civil de Jaraguá apreendeu mais de 500 mil em etiquetas falsas que seriam usadas para alimentar o comércio pirata de confecção, como botões, rebites e etiquetas, réplicas de marcas famosas e de fácil aceitação no mercado do vestuário.

Segundo informações da polícia, o depósito usado para a fabricação dos produtos era localizado na Vila Isaura, saída para Itaguaru.

A mercadoria seria de um homem por nome de Michel Bernardo. No local, foram encontradas ainda diversas máquinas que eram usadas para a fabricação das etiquetas.

Etiquetas de várias marcas foram encontradas no loca, como Calvin Klein, Lacoste, Morena Rosa e outras.

Operação policial contra a pirataria de marcas famosas volta a fazer parte do cenário das indústrias de confecções em Jaraguá, após uma ofensiva de maior proporção ocorrida entre 2011 e 2015, quando milhares de peças de roupas piratas foram apreendidas na cidade, além de dezenas de pessoas presas naquele período.

A polícia investiga se há outras pessoas envolvidas no crime.

Share Button

você pode gostar também Mais do autor