Publicado em: ter, jan , 2017

Operação da PC desarticula quadrilha de roubo de carros


A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (Derfrva), deflagrou na manhã desta terça-feira (31), a Operação Sicatorium. No total, foram cumpridos 14 mandados de prisão, dois de condução coercitiva e 30 de busca e apreensão. O serviço de inteligência calcula que a associação criminosa seja responsável pelo roubo de, pelo menos, 30 veículos.

De acordo com o delegado titular da Derfrva, Adriano Costa, “foi possível desarticular parte desta associação criminosa que atuava na região metropolitana de Goiânia”. Ele reforça que “os veículos roubados tinham dois destinos: ou iam para desmanche ou serviam como troca por drogas”. Os presos vão responder por associação criminosa, receptação de veículos e tráfico de drogas.

Uma das vítimas da associação foi o motorista Fábio Alves Júnior Carneiro que teve o veículo furtado em 8 de outubro de 2015, em frente à Maternidade Modelo, no setor Bueno. Ele conta que não tinha mais esperança de recuperar o automóvel e se espantou quando confirmaram que encontraram o Volkswagen Gol, intacto, mas com placas diferentes. “Eu fico feliz pelo esforço da polícia por ter encontrado o veículo”, diz. “Agora, que os responsáveis por este crime cumpram a pena cabível”, afirma.

O grupo é chefiado por criminosos que estão dentro do sistema prisional em Aparecida de Goiânia, afirma o delegado Adriano Costa. “Mas também há outros membros que agem de forma independente e praticam roubo para adquirir drogas”, aponta.

Na associação criminosa, há um cadeirante que faz parte do grupo. Existem mulheres que também realizam roubos e furtos. “Esta é uma situação comum porque, geralmente, são as esposas de bandidos que estão presos”, diz Adriano Costa.