Publicado em: dom, fev , 2017

Marconi Perillo diz que não teme racha na base para 2018

O governador Marconi Perillo proferiu discurso contundente sobre os planos da base aliada para a eleição estadual de 2018. Marconi não fugiu dos boatos sobre saída de partidos da base aliada e reforçou o apelo por união. O discurso aconteceu no 1º Encontro Estadual do PSDB em 2017, em Goiânia.

“Quem está dividida é a oposição; não nós. Estamos trabalhando, o vice-governador José Eliton está na estrada. Não me preocupa essa história de que A ou B vai disputar a eleição. Se um ou outro sair, sinceramente não faz diferença. O que importa é a base”, disse o governador. O recado de Marconi tem como alvo partidos como PSD e PTB, que nos últimos andaram flertando com o PMDB. O PSB, comandado pela senadora Lúcia Vânia, chegou a manifestar que será mais coadjuvante na base e que pretende ter candidato ao governo.

Marconi ainda afirmou que a meta do PSDB é chegar a 100 prefeitos filiados ao partido ainda no primeiro semestre deste ano. “Eu não desistir de chegar a 100 prefeitos ainda no primeiro semestre deste ano. Claro que temos que respeitar os partidos da base, mas isso será muito importante para o nosso projeto”. O governador disse que o trabalho intenso via continuar. “Nossa parte vamos continuar fazendo. Trabalhar sem parar para que Goiás esteja entre os melhores estados”.

O governador também reforçou que o vice-governador José Eliton será o candidato da base. “A gente ouve a mesma ladainha segundo a qual estamos há muito tempo no governo, que vamos nos dividir, que o José Eliton é pouco conhecido, mas ele está com o pé na estrada, está trabalhando, é o vice-governador e vai ser o governador”, pontua. Para Marconi, quem está dividida é a oposição.

247 Goiás