Publicado em: qua, fev , 2017

Marconi autoriza realização de concurso para o Procon Goiás

O governador Marconi Perillo anunciou nesta segunda-feira (6) a tomada de providências para a realização de concurso público e de pagamento de auxílio-alimentação e horas extras para os servidores do Procon Goiás. Marconi esteve na sede do órgão, no Setor Central, em reunião de trabalho na qual a superintendente do Procon Goiás, Darlene Costa, apresentou a prestação de contas da prestação de serviços da instituição em 2016.

Os números mostram que, no ano passado, o Procon recebeu 68.686 denúncias por meio do Disque Denúncia (151), 56℅ a mais do que em 2015. A ferramenta Procon Web, por sua vez, registrou 8.659 atendimentos, 11℅ do que no ano anterior. O índice de avaliação do atendimento, que mede principalmente se a demanda foi solucionada em tempo ágil, atingiu 98,13% de satisfação. O governador esteve no Procon acompanhado do secretário de Gestão e Planejamento (Segplan), Joaquim Mesquita.

O Procon tem, hoje, 105 servidores distribuídos em sua sede e em 15 postos de atendimento. A superintendente Darlene Costa expôs também as demandas atuais do órgão: realização do concurso para provimento de 15 vagas para o cargo de fiscal das relações de consumo, conquista do auxílio-alimentação, e pagamento de horas extras aos fiscais nas operações realizadas à noite e aos finais de semana.

Marconi parabenizou a equipe do Procon pelo “serviço de excelente qualidade prestado à população goiana”, e determinou ao secretário de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, providências para que o governo estadual possa atender aos pedidos do órgão. ” O Procon é um dos órgãos do governo que mais conta com a credibilidade e confiança da população goiana. E tem o meu respeito e admiração”, afirmou.

Do Mais Goiás