Publicado em: seg, jun , 2017

Mais de 66 mil trabalhadores não sacaram abono salarial do PIS em Goiás

Faltando menos de um mês para o prazo final para o saque do abono salarial do PIS/Pasep, 66,9 mil trabalhadores ainda não retiraram o benefício em Goiás. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os valores correspondem ao ano-base 2015.

Para saber quem tem direito ao benefício, é possível ligar no número 158 ou fazer a consulta por meio de uma ferramenta disponibilizada no site do ministério, que solicita o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou o número do PIS, além da data de nascimento.

O trabalhador que tem o Cartão Cidadão pode fazer o saque em qualquer agência da Caixa, Banco do Brasil ou casa lotérica. Caso não tenha o cartão, pode receber o abono em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação. O prazo termina no próximo dia 30 de junho.

Beneficiários

De acordo com o MTE, os trabalhadores que estavam inscritos no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e tenham trabalhado ao menos 30 dias em 2015 com rendimento médio mensal de até dois salários mínimos têm direito a fazer o saque. Para isso, o órgão alerta que é necessário que o empregador tenha informado os dados corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Segundo o Ministério, o valor do pagamento é proporcional ao tempo de serviço. Caso o trabalhador tenha trabalhado o ano todo, deve receber R$ 937, correspondente a um salário mínimo. Caso tenha trabalhado apenas 30 dias, o valor é de R$ 78.

Do G1 Goiás