Publicado em: seg, mar , 2017

Jaraguense ajuda adolescente de Goiânia a realizar festa de 15 anos


Uma história que mais parece um conto de fada do que uma realidade. Uma adolescente, que mora em Goiânia, queria por todos os meios possíveis e éticos a realização de sua festa de 15 anos. O que a garota não sabia era que um imprevisto quase colocaria fim ao seu sonho.

Uma mamãe sempre sonha com o melhor para seus filhos, e se desdobra para realiza-los, e com a mamãe Gislene não foi diferente. Ela batalhou e fez uma economia a vida toda para realizar o maior sonho de sua filha, a Gyovanna Andhrezza, que era ter um aniversário de 15 anos.

Mas, o que ela não contava, era que pessoas do mal estavam prestes a impedir a realização deste sonhado acontecimento. Astuciosos, roubaram todo seu dinheiro que havia juntado por vários anos, fruto do trabalho de sua mãe.

No meio deste percurso, houve um grupo de pessoas que, como passe de mágica, apareceu na vida da garota Gyovanna. Era o pessoal do Instituto D&G, liderado por Dinney Silva, natural de Jaraguá, e que durante vários anos se dedica de forma voluntária aos trabalhos sociais e beneficentes.

Segundo Dinney, eles estavam chegando do trabalho quando foram abordados por uma mãe desesperada, dizendo que já acompanhava o seu trabalho, e que deveriam ouvi-la.

Então começou a contar que sua filha sempre teve um grande sonho, o de ter uma festa de 15 anos, e argumentou que, só Deus sabe o quanto lutei e batalhei pra isso, juntando dinheiro à vida toda, deixei, inclusive, de alimentar bem, de sair, de comprar minhas roupas; enfim, outras coisas mais.

Segundo a mãe, ela já havia reservado quase R$ 30.000 para esse acontecimento, mas, infelizmente, hoje não existe mais amor entre as pessoas, e então, as vésperas da festa, eu fui enganada por um de meus “melhores amigos”, emprestando todo o dinheiro, e nunca mais tive nem noticia dessa pessoa, simplesmente ela sumiu!

Então, peço a vocês: ajude-nos a começar, por favor. A minha filha, a Gyovanna, depois desse dia que percebeu que seu sonho seria frustrado, trancou se no quarto e está em um quadro avançado de depressão, disse a mãe.

Então, o grupo da solidariedade prometeu a ela que ao menos uma festinha simples a jovem teria, só porque ainda não sabia por onde começar essa ação em prol da garota.

Começando e dando continuidade as ações

Minha esposa e eu procuramos alguns amigos e conseguimos algumas doações. Muito pouco para uma festa de 15 anos, mas de coração! Não desistimos. Contatamos e contávamos essa história pra inúmeras pessoas, e a coisas começava a melhorar.

Com autorização da Mãe (Gislene), fizemos um post na internet em alguns grupos conhecidos, e foi quase que viral; com mais de 350 mil curtidas; mais de mil comentários e inúmeros compartilhamentos, e as coisas fluíram com mais intensidade.

Mas, por puro esforço de todos os envolvidos, ainda na última semana, conseguimos arrecadar o que ainda faltava.

Sobre a festa

A festa foi realizada no espaço Unida por Deus, em  Aparecida de Goiânia, com os melhores e mais conceituada profissionais da capital. A garota Gyovanna, sempre tão emocionada e sem acreditar o que ali estava acontecendo, perguntava: o porquê de tanta beleza?

Não parou por ai! Ainda tinha uma bela surpresa por vir, que era a autorização para o capitão oficial do GRAER (Grupo de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar), Fábio Costa, para dançar uma valsa com ela, e assim conseguimos.

Lágrimas foram inevitáveis naquele momento. Vimos à felicidade que há muito tempo não aparecia estampada naquele rosto. A festa ficou cotada em R$ 112.700 em doações de serviços.

Importante ressaltar que não pedimos e não arrecadamos dinheiro, e foi 100% voluntariado, o que deixou a equipe mais feliz em acreditar que ainda existe o amor aqui na terra.

E, segundo a imprensa local, este evento festivo está entre os maiores, se não o maior acontecimento beneficente de Goiás.

Narrado por Dinney Silva
(Instituto D&G)  

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail