Publicado em: qui, ago , 2017

Deputados com representação em Jaraguá votaram a favor de Temer


Dos dez deputados federais de Goiás que participaram da votação na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (2), sete votaram a favor do relatório que prevê a não continuação da investigação da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer (PMDB).

Outros dois deputados votaram contra o relatório, ou seja, a favor do encaminhamento da denúncia para o Supremo Tribunal Federal (STF). Faltou à votação o deputado Delegado Waldir (PR).

Dos deputados que têm base eleitoral em Jaraguá, Jovair Arantes (PTB), Alexandre Baldy (PTN) e Célio Silveira (PSDB) votaram pelo arquivamento do processo contra Temer.

Deputados com base em Jaraguá

O deputado Célio Silveira é da base do prefeito de Jaraguá, Zilomar Oliveira (PSDB); Jovair Arantes é da base do ex-prefeito Lineu Olimpio (PTB), e Alexandre Baldy da base do vereador Odair Vizzado.

Veja placar de votação dos deputados goianos:

 A favor do arquivamento da denuncia:

Daniel Vilela (PMDB) – “Acreditando que o Brasil está saindo de uma das suas mais graves crises da história e entendendo que o presidente Michel Temer terá a oportunidade de provar sua inocência após a perda da imunidade presidencial, meu voto é sim”.
 
Giuseppe Vecci (PSDB) – “Sim pela estabilidade do País, sim pelo crescimento da nossa economia. Eu voto sim pelo relatório”.
 
Jovair Arantes (PTB) – “Eu quero render uma homanegam ao PSDB, através de seu relator, votando ‘sim’ nesse relatório, que é importante para o Brasil, para a economia e para a política nacional”.
 
Magda Mofatto (PR) – “Pelo progresso e desenvolvimento do País e pela coragem do nosso presidente Temer em fazer as reformas necessárias para o País. Meu voto é sim”.
 
Pedro Chaves (PMDB) – “Voto como relator da Comissão de Constituição e Justiça. Voto sim”.
Thiago Peixoto (PSD) – “Voto sim com o relator”.

João Campos (PRB) – “Goiás e o Brasil sabem que eu sou a favor de qualquer investigação, inclusive desta. Todavia em absoluto respeito à decisão partidária, eu voto sim”.

Alexandre Baldy (Podemos) – “Eu voto sim pelo relatório”.
 
Célio Silveira (PSDB) – “Para que o Brasil saia de sua pior crise da história, eu voto sim”.
 
Heuler Cruvinel (PSD) – “Pela retomada do crescimento da economia, contra a esquerda comunista que quebrou esse País, meu voto é sim”.
 
Lucas Vergílio (SD) – “Pelo desenvolvimento do nosso País, pela estabilidade política. Serei o responsável com o meu País. Voto para que o presidente Temer seja investigado ao fim de seu mandato. Voto sim”.
 
Roberto Balestra (PP) – ” Sou de Inhumas, então voto por Inhumas, pelo meu Estado de Goiás e pelo Brasil. Eu voto sim”

Contra o arquivamento da denuncia:

Fábio Souza (PSDB) – “Rendendo inclusive uma homenagem ao deputado Eduardo Barbosa, que não pode estar presente devido ao falecimento de sua esposa, meu voto é não”.
 
Flávia Morais (PDT) – “O povo brasileiro merece ver essa denúncia investigada e esclarecida e, por isso, somos a favor da investigação. Meu voto é não”.
 
Rubens Otoni (PT) – “Em defesa da democracia, contra a retirada de direitos do povo mais simples, humilde e trabalhador. Pela garantia da continuidade das investigações, eu voto não”
 
Marcos Abrão (PPS) – “Eu voto Não”.

 

Com informações do Diário de Goiás e Portal 247

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail