Publicado em: ter, jun , 2017

Carreiros começam percurso até a Festa do Divino Pai Eterno


Os carreiros que participam da Festa do Divino Pai Eterno já começaram a longa jornada até a Trindade. O agricultor Manuel Alves Ferreira, por exemplo, vai percorrer mais de 200 km em 16 dias para renovar a fé e a tradição. O evento começa no dia 23 de junho e tem missas, novenas e romarias.

Manuel tem 70 anos e foi o primeiro carreiro de Orizona a começar o percurso rumo a Trindade. Ao longo do caminho, ele vai encontrando outros carros de boi. O carreiro vai passar por sete cidades até chegar à Festa do Divino Pai Eterno. Mesmo com a idade, garante: “dá para fazer o caminho e até fazer farra”, disse.

Carreiro há 60 anos, ele diz que o boi curraleiro é a única raça que aguenta a longa jornada puxando o carro. “É fácil de amansar, ele deita, você atrela e ele já sai puxando”, disse.

O proprietário da Fazenda Aroeira, em Orizona, Jeová Vieira, faz questão de conservar objetos antigos como uma máquina de tear e alguns carros de boi. Além disso, ele também cria bois da raça curraleiro.

“Foi sempre pensando em botar o carro para rodar. Eu lembrava muito do carro de boi puxado pelo curraleiro. E não existia mais, estava sendo extinto”, disse o pecuarista Jeová Vieira.

A Festa do Divino Pai Eterno vai até o dia 2 de julho. As atividades acontecem durante todo o dia e até de madrugada. Também serão feitos batizados e confissões. A programação disponível no site da romaria.

G1 Goiás

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail