Publicado em: ter, jun , 2017

Câmara discute blindagem de veículos da Segurança Pública


Viaturas da Segurança Pública de todo país deverão ser blindadas, caso o texto substitutivo do Projeto de Lei 8146/14 seja aprovado.

A blindagem balística nas viaturas de segurança pública vai atender a questão da segurança dos agentes policiais que estão na linha de frente contra o crime, onde, somente em 2014, mais de 390 policiais foram mortos dentro das viaturas ou próximas delas, disse o deputado federal Marcelo Delaroli (PR-RJ).

Prazo para a blindagem das viaturas

Se aprovado no plenário, como foi na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, os estados terão um prazo de dois anos para que todas as viaturas sejam blindadas, de forma escalonada.

O texto prevê ainda que as viaturas deverão receber as blindagens pelos vidros da frente, ou seja, pelo lado onde a ofensiva criminosa é mais fatal para os policiais em confronto.

Custo da Blindagem Balística

Depois de aprovado o projeto, cada Estado deverá discutir quais recursos serão utilizados nos gastos com as blindagens balísticas dos veículos. Alguns estados já terceirizam as viaturas de segurança pública, o que devem ficar mais caro com a blindagem balística.

As normas de blindagem são usadas há tempo nos veículos das Forças Armadas Brasileira, como nos tanques usados em campo de guerra.

Viaturas construídas especificamente para atender as polícias em operações de risco e confronto armado já são usadas em estados como Rio de Janeiro e São Paulo, devidamente preparadas para suportar impactos de grosso calibre, além de explosão de bombas, como o conhecido Caveirão.

Tipos de viaturas a ser blindadas

Todas as forças de Segurança Pública deverão seguir as novas regras do projeto, ou seja, a Polícia Federal, Civil e Militar, cujos veículos sejam usados em de forma operacional, no policiamento ostensivo e preventivo, o que deve não contemplar as viaturas usadas no administrativo, embora o projeto não especifica com clareza o que seja viaturas operacionais.

Portal Gestão em Segurança

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail