Caiado questiona onde Marconi investiu recursos do sistema prisional

O senador Ronaldo Caiado (DEM), em entrevista ao Jornal Nacional, questionou os recursos na ordem de R$ 32 mi recebidos do Governo Federal e que não foram investidos no sistema de segurança prisional de Goiás.

Em reportagem no Jornal Nacional, o órgão informou a quantia repassada em dezembro de 2016, após o governador Marconi Perillo dizer que faltava “cooperação do governo federal”.

Nesta segunda-feira (08), a ministra do STF, Cármen Lúcia visitará o complexo prisional de Aparecida de Goiânia, palco da rebelião que deixou 19 presos mortos e outras centenas foragidos.

“O Governo de Goiás se limita a jogar a culpa nos outros, a se dizer ‘consternado’, enquanto agentes prisionais são assassinados, presos fogem e os chefes de facções tocam o terror. Onde foi parar esse dinheiro?” questionou Caiado.

O senador lembrou mais uma vez que a própria inteligência do sistema prisional havia alertado a precariedade das penitenciárias goianas e a iminente possibilidade de rebeliões nos presídios, o que foi negligenciado pelo atual governo.

“O governador de Goiás quer ser vítima, mas na verdade ele é patrocinador de todas essas barbaridades”, acusou.

Informações do Goiás Real

Share Button

você pode gostar também Mais do autor