Publicado em: qua, jun , 2017

Agentes Prisionais Temporários pedem incentivo salarial à Prefeitura


Cerca de sete servidores em regime de contrato e que prestam serviço como Vigilantes Prisionais Temporários, na cadeia pública de Jaraguá — buscam incentivo salarial junto a prefeitura.

Representados pela servidora pública municipal, Tia Rosinha, que também e professora na cadeia publica de Jaraguá, o pedido foi justificado alegando que a profissão dos Vigilante Prisional é de risco, além de trabalharem em um ambiente insalubre.

Para o vereador Breno Leite (DEM), não há mecanismos legais quanto o incentivo salarial por periculosidade para os Vigilantes Prisionais Temporários, ou seja, nem todas as categorias que trabalham em ambiente de risco têm direito ao auxílio periculosidade.

Segundo o vereador Leirson Cordeiro, há alguns pareceres dos tribunais de justiça, onde destaca o serviço dos agentes de segurança prisional como estando dentro das atividades de risco.

Para o Presidente da Câmara, Werlon Oliveira (PDT), a Câmara de Vereadores não pode fazer projetos que geram gastos para o município, mas garantiu que, juntamente com os demais vereadores, apresentar ao prefeito a requisição da categoria.

Foto: Valdenir Matias