Publicado em: qui, abr , 2017

Agência postal da Avenida JK pode ser fechada com a crise dos Correios


Os Correios vêm anunciando uma crise histórica e ameaça fechar agencias por todo país, caso a situação não seja resolvida em curto prazo. Encomendas e outros serviços prestados pela estatal estão sendo entregues com atraso, dificultando ainda mais o serviço dos carteiros.

Segundo informações do sindicato da categoria, em entrevista à imprensa estadual, foi aberto um programa de demissão incentivada. Saíram 5,5 mil servidores. Só que eram esperados 8 mil.  Agora a empresa fala em demissão motivada. A forma está sendo estudada e os representantes dos trabalhadores já foram avisados. Para eles, isso é um assédio moral e que vai abrir um precedente para outros concursados de outras estatais. Isso em um cenário que já tem carteiro há seis meses fazendo sozinho o trabalho de três pessoas.

Na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (25), o representante dos Correios em Goiás, Elizeu Pereira da Silva, usou a tribuna livre para falar sobre a dificuldade que passam os profissionais carteiros.

No caso de Jaraguá, por exemplo, foi citado que a agência da JK pode ser fechada, caso a crise não seja superada.

Outra questão discutida e apresentada aos vereadores foi os endereços de Jaraguá que precisam passar por reformulação, já que as ruas e avenidas não possuem nomes e números claros, dificultando o trabalho de entrega das correspondências e encomendas, algo que a Câmara deve discutir para que haja mudanças.

Tal situação já havia sido discutida no ano passado pela própria Câmara, porém, nada de concreto aconteceu na melhoria dos endereços.